Marina Rocha

Enclausurada neste mundo paralelo a tanto caos, espectadora de um incrível império de concreto, contenta meu coração observar do telhado as luzes da cidade imitarem a beleza da galáxia, uma vez que não enxergo as estrelas através das nuvens e da poluição.

Neste meu castelo frio, eu tento me atrever a tocar as estrelas, mesmo sabendo que de certa forma, eu nunca teria uma delas em minhas mãos… Talvez eu seja como um cão que tenta abocanhar uma delas.

Latindo para a escuridão.

Tenho meu fôlego da vida, ainda cheia de forças e vontades espetaculares, de um dia quem sabe, abalarem o rumo do mundo. Porém, existe uma estrela que brilha cada vez mais forte, me fazendo apenas vontade…

“I’m Barking To The Darkness”

Ministério da Saúde Adverte: Estes devaneios são próprios e independentes de uma surtada confusa, inconstante. Veja bem se vai acompanhá-los, pois eu posso mudar o teu rumo.

5 Respostas para “Marina Rocha

    • oi gostei muito do seu blog !
      eu também sou blogueiro se puder fazer uma visita e
      me fazer criticas construtivas serei muito grato
      sr.caramello

      caramellosparck.blogspot.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s