The White Running Bunny

Tempo é bobagem. Tempo é essencial. Tempo é dinheiro. Tempo é preciosidade. Tempo é corrido, arrastado. É velho, é novo, é longo, é nobre. Se vai, nos deixa, engana, desapercebe.

Tempo é só um número que se conta nos dedos.

Você tem o tempo em suas mãos.

Não é tarde, não é cedo. É questão sempre de um ponto de vista diferente.

Este é o nosso tempo. Os ponteiros são nossos passos. Pensamentos, sentimentos.

Movemos o tempo com nosso ser.

E transformamos o casulo em borboleta, seja em anos, dias, ou segundos.

Tempo passa. O que não passa nunca é a gente.

É a alma.

Nada que o tempo não cure.

Anúncios

Uma resposta para “The White Running Bunny

  1. Estava conversando exatamente sobre isso no trabalho, mas era uma discussão mais voltada a preocupações e prioridades e foge um pouco do seu post.

    Pensar no futuro é paranóia, e é ainda pior viver em pró de um futuro melhor.

    A certeza que tenho é de que, viver o presente e aproveitar cada momento dele é fazer do futuro uma consequência muito boa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s