Politicagem pra que te quero.

Salut.

Mais uma vez, queridos navegautas, venho lhes informar minha opinião sobre qualquer coisa que me veio na cabeça. A diferença é que esse é um assunto que odeio, sinto repulsa e passo nervoso toda vez que falo. Tudo por um simples fato:

O meu país se resume num bando de idiotas mongóis sem cérebro que se alimentam de televisão.

Mas isso nem é novidade pra vc, né?

O problema em discutir política hoje em dia, pra mim, é que nunca sou escutada. Não que eu queira que os outros sigam tudo o que falo ou que queiram consultar minha opinião, mas que, pelo menos, tenham um pouco de sensatez!! Sério!!

Outro dia, um animal que estuda comigo perguntou ao professor, “voto em quem? na Dilma ou na Marina?”. Eu juro que senti vontade de atirar nele. Mas eu vou explicar o porquê. Veja bem, que tentei argumentar com o rapaz (que faz parte de uma massa de adolescentes babacas, bêbados e galinhões) que ele não era obrigado a votar apenas no Serra, Dilma, Marina… que ele podia votar nulo e esperar que a maioria também fizesse o mesmo e então, esperar um candidato melhor. Mas a resposta foi uma, e não veio só dele: Risada sem fim. Até agora não entendi o que acharam de tão engraçado na minha frase. Eu apenas tentei argumentar contra a ignorância da juventude. Mas não foi só. Quanto mais revoltada eu ficava com aquele comportamento primata, mais os outros riam!! E eu dizia: “Esses são os palhaços que vão cobrar impostos até do funcionamento dos seus órgãos e vocês levam isso na maior idiotice possível! Nem sequer sabem o que estão fazendo! E no fim, quem vai ter que pagar por toda a merda sou eu também, porquê um babaca vai colocar outro pior no poder”. Mas mesmo diante da provocação… mais uma vez… tudo o que eu ouvi foram risadas e um “se acalma, não adianta discutir, deixa o cara fazer o que ele quiser pra ele parar de enxer”.

Isso é o modo como as pessoas se tratam! Elas aceitam a ignorância pelo simples fato de não quererem ser incomodadas! Que merda é essa?! Que mundo escroto é esse?!

E então, um babaca mor será eleito, governará o país como todos os outros otários fizeram e vamos continuar todos bem insatisfeitos com esta sobrevida de animais de circo, vivendo do que os porcos jogam para nós. ~E ainda reelegerão o mesmo estúpido nos anos seguintes!

A questão é que o povo dessa “democracia” não passa de um monte de cabeças-ocas, sem voz, controláveis, preguiçosos, insatisfeitos com si e com o mundo, gananciosos e sem qualquer senso real de justiça!

Eu já nem critico mais os desinteressados em política ou em questões sociais desse país, porquê eu mesma já desisti. Eu cansei de me revoltar e ter que ouvir as amebas não evoluídas rirem de mim. Eu cansei de me expressar e ser tachada de revoltada e reclamona. Eu cansei dessa droga toda e espero sinceramente que todos os imbecis que agem dessa forma com quem tenta mostrar alguma sensatez se afoguem na própria ignorância e definhem no esquecimento e na latrina. Cansei de tentar conversar com babuínos e quando eu tiver chance, talvez eu deixe esta droga de país pra trás com todo o seu bom futebol e seu Carnaval. Deixe que as pessoas esperem viver dentro de um campo ou na passarela do sambódromo, enquanto os políticos lavam a cueca, a cara, a falta de vergonha e a safadeza no dinheiro desses carnavalescos. Eu  c a n s e i.

Um amigo sensato veio outro dia discutir comigo sobre política e pude conversar como alguém pensante sem problemas. Isso, foi um que pensa, contra 27 outros adolescentes. E expliquei tudo o que eu achava, e achamos pontos em comum. Um deles é a educação ridícula deste país. Que “educação” é essa?! Adestramento? Enjaulamento? Lavagem cerebral?

As escolas públicas são tratadas como reduto de marginais, de onde os criminosos só tiram novos amigos criminosos. Onde os professores têm medo das ameaças de morte que recebem, caso reprovem o delinquente. E o povo acredita ainda nas propagandas do governo sobre os investimentos, sobre os resultados e sobre o bom desenvolvimento dessa merda de educação!

Até mesmo nas escolas particulares, essa droga tá toda errada! O sistema de ensino é montado numa ilusão falha e gasta que somos todos robôs e que precisamos de todo e qualquer tipo de informação que possam conseguir entuchar na nossa cabeça ao mesmo tempo, numa corrida por notas e aprovação dos pais. (Isso vai merecer um outro post depois).

A verdade é que a defasagem desse país, em tantas áreas vitais como alimentação, energia, educação e saúde, vai de mal a pior, porquê vivemos numa sociedade bizarra, cheia de marionetes da televisão, cheia de burros que apenas seguem o fluxo e manipulados pelos mais influentes.

O político pode continuar dando a cesta básica pros pobres, ao invés de tentar desafogar o país da miséria, que essa droga vai continuar a mesma. Os viciados vão continuar traficando, os inocentes vão continuar na sarjeta, o povo vai continuar a decair em ignorância e os pobres vão ser cada vez mais pobres. Todos vivendo num grande montinho de cocô. Se ainda vai restar alguma alma dessa caca, eu não faço idéia.

Só não contem comigo pra tentar mudar a cabeça de gente estúpida, porquê falar com meus cães é ainda mais interessante. E eles mostram mais sinais de inteligência. E olha que só os alimento uma vez ao dia.

Taí Felipe Neto, dizendo tudo que um dia precisou ser dito pra essa população de acéfalos incompetentes. A diferença entre eu e ele, é que eu não espero mudanças. Eu já aceitei que o povo é uma grande droga cada vez mais podre, e que um dia, com sorte, todos acabem engasgados com o pouco vocabulário.

E nem consegui falar do voto nulo ainda… tsc. Talvez num próximo post.

Anúncios

4 Respostas para “Politicagem pra que te quero.

  1. Salve, Praguinha Pretensiosa. Depois de um longo verão re-visitei o seu blog para ver sobre o que anda falando, logo de cara me deparo com um texto sobre política que convenhamos vem muito a calhar em tempos de eleição. Primeiramente quero deixar os meus parabéns pela pauta explanada, e deixar aqui a minha opinião sobre o mesmo ressaltando a sua descrente visão sobre o cenário político atual. É verdade que é difícil depositar esperanças nesses nossos representantes quando esses são representantes de um partidos que não representa os ideais apresentados por eles nos deixando confuso sobre em quem acreditar, ufá! – mas esse é um ponto recorrente e desgastante que não vale a pena levar adiante nesse momento.
    Quero falar sobre jovens como você e como esse tal de Felipe Neto que vêm por meio da internet formando opiniões sobre isso ou sobre aquilo, o detalhe, é que o buraco é bem mais embaixo, e isso significa que não adiante ficar fazendo ceninha na internet demonstrado ser politizado e consciente de uma realidade que não condiz com a de vocês, vocês fazem parte de uma minoria e se vocês apenas repetirem um discurso que qualquer papagaio é capaz de dizer, diferença alguma vai fazer. Usem essa liberdade que vocês têm para jogar em discussão, possibilidade novas e não a mesma ladainha de sempre, se não, deixa pra lá e falem sobre qualquer coisa de menos importância que não vai fazer diferença alguma. O que não da para engolir é um playboy sem base alguma querendo parecer formador de opinião quando só repete o que qualquer idiota é capaz de falar.

    Beijos, minha querida =]

    • Eu vivo num mundo de babuínos. A opção “jogar em discussão” já foi extinta. Ninguém têm mais a capacidade de pensar, e é essa geração de estúpidos que vai tomar o país logo logo.
      Mas imagina só se todo playboy sem base nenhuma pensasse do jeito que esse moleque pensa?
      Com certeza, a merda não seria nem metade do que ela é hoje.

  2. Oh my!
    E se eu dissesse que já passei exatamente por isso que você falou?
    Tentar moralizar um pouco a mente desses ignorantes só geram risadas por parte da escórias e pedidos de “acalme-se, não vale a pena” por parte dos um pouquinho mais “inteligentes”…
    A única diferença é que, num momento como esse, eu não gosto de dizer “fuckyou all” e desistir, por mais que agir não vá gerar mudança nenhuma, é como um ótimo professor de geografia disse uma vez: “Pense globalmente e aja localmente”!
    Adorei seu post e estou adicionando seu blog na minha lista de leitura!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s