Um passo à frente.

Essa tirada é o resultado de ter feito 3 provas estressantes no mesmo dia, sair tarde do curso e ainda ser ignorada pelo ônibus, que quase subiu na calçada e matou o povo. Isso inclui a mim. Depois de ter que voltar andando, entendi o que já me disseram… que a raiva é uma boa inspiração… Ou não. Enfim…

Estava morta e nasci.

Aproximei-me do meio fio e parei ali.

Quis pegar o ônibus, mas não tinha lugar.

Quis pegar um táxi, mas não tinha onde achar.

Quis dirigir, mas não podia pilotar.

Quis aventura, mas não tinha mais coragem.

Quis inovar, mas já não tinha o que criar.

Quis surpreender, mas não saí do meu lugar.

Quis ir embora, mas não tinha onde ir.

Quis diversão, mas não tinha como sorrir.

Quis pensamento, mas não tinha mais idéias.

Quis falar, mas não tinha mais palavras.

Quis amar, mas não tinha mais coração.

Quis participar, mas estava na contra-mão.

Quis dançar, mas não tinha mais ritmo.

Quis resistir, mas não tinha mais razão.

Quis musicar, mas não tinha mais melodia.

Quis gritar, mas não tinha mais voz.

Quis rejeitar, mas não tinha mais o que negar.

Quis desistir, mas não tinha o que largar.

Quis correr, mas não tinha mais forças.

Quis subir, mas não havia mais andar.

Quis cair, mas não havia quem pudesse me segurar.

Quis ir embora, não tinha como ficar.

Quis estar ali, mas eu não era existência.

Quis me calar, mas nem havia dito.

Quis chorar, mas não haviam lágrimas.

Quis desespero, mas não tinha emoção.

Quis emoção, mas só achei solidão.

Quis compania, mas estavam todos apressados.

Quis lentidão, mas tudo só girava ainda mais.

Quis rebeldia, mas não havia nada para deixar.

Quis saciar-me, mas não havia mais comida.

Quis hidratar-me, mas não tinha mais água.

Quis respirar, mas não tinha mais ar.

Quis me encontrar, mas não tinha mais chão.

Quis fumar, mas não tinha mais pulmão.

Quis me embebedar, mas não tinha mais motivo.

Quis rezar, mas não tinha mais fé.

Quis ter esperança, mas não tinha mais desejo.

Quis olhar para cima, mas não tive qualquer resposta.

Quis salvar-me, mas encontrei-me na fossa…

Por qualquer motivo ou força, dei um passo à frente. Decidi ir um pouco adiante. Pisei fundo…

Quis escutar, mas o barulho foi muito alto.

Quis olhar, mas já não tinha mais ninguém ali.

Quis desviar, mas não fui mais rápido.

Quis ficar deitada, mas a força me puxava.

Quis ver as estrelas mais uma vez, mas era tudo escuridão.

Quis então viver… Mas ali já não existia vida.

Quis a morte, mas tive de nascer.

 

Autoria Própria.

Nem sempre um passo à frente lhe fará seguir adiante. Nem sempre te trará novas forças. Nem sempre dar mais um passo sem rumo te dará mais minutos de vida.

Escutando The Killers – The World We Live In , e , Smile Like You Mean It.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s