Forrest Gump

(Forrest Gump – O contadore de histórias)

Um filme dirigido Robert Zemmeckis, roteiro de Winston Groom e Eric Roth, de 1994, comédia/drama, 142 minutos, aproximadamente. O elenco conta com Tom Hanks! (divina atuação)

Um dos melhores filmes que já vi, sem sombra de dúvidas!! Um clássico, é claro. Trata-se de um autista, que conta sua vida sentado em um banquinho da cidade de Savannah (eu já estive lá, iupi!), esperando seu ônibus. Ali, ao lado de pessoas que vão e vem, ele conta a história de sua vida, tão imprevisível, tão intensa, que é quase impossível acreditar que um homem pode fazer tanto. Mas é de sentir na pele que, com tamanha simplicidade de sentimento e de recursos, ele alcança tudo o que poderia desejar. É sofrido, é suado, mas quando se tem a recompensa, você a sente como um ganho próprio, torcendo para Forrest a cada segundo do filme. Não acredito que desperdicei tanto tempo adiando ver uma obra prima desta. Confesso que me permiti até mesmo algumas lágrimas no decorrer de tudo. A escola, seu problema, sua coluna, a faculdade, a seleção, a guerra, as batalhas, o oceano, a estrada, o amor, a vida. Forrest Gump, uma das mais lindas histórias que já vi.

“Run, Forrest, Run!”

 rating: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

(estou louca atrás do DVD para comprar)

5 Respostas para “Forrest Gump

  1. Ah… muito bem sua “mala”, mas um filme dos meus preferidos que você assiste sem mim, depois de muito eu insistir. To só guardando as suas mancadas. Permita-me dar o meu ponto de vista sobre o mesmo:

    “Forrest Gump é um conto existencialista sobre um mundo guiado pelo acaso, um exemplo nítido notado pela própria metáfora que o personagem representa. Forrest é um homem de mentalidade infantil que tem a sua vida guiado pelo acaso e sem percebe acaba sendo determinante para a historia de seu país, o personagem não apresenta um plano inteligente (razão), o que da a entender que vida é guiado por atos aleatório e não por uma força externa (divina). É um ótimo filme, porém precisa ser visto com discernimento, o filme tem ótimos momentos com ótimas frases de efeito, “a mamãe disse que a gente só precisa de um pouco de dinheiro e o resto é para se esnobar”. Forrest Gump é um ótimo exemplo de uma sociedade sem absolutas aonde a inocência pode fazer a diferença na hora de valorizar as pequenas coisas”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s