O problema é o dinheiro?

Achei esta reportagem um tanto quanto interessante, de um ponto de vista que, no meio de minhas críticas contra a moeda, eu nunca me dei o serviço de enxergar.

E se… O dinheiro deixasse de existir?

Se o mundo decidisse que dinheiro é a causa de todos os males da humanidade e tentasse eliminar a moeda da nossa vida, veria rapidamente que o mundo iria ser bem mais difícil sem ele.

É que o dinheiro surgiu justamente para facilitar a troca entre as pessoas. O escambo, a forma maus rudimentar de comércio, baseada na troca de mercadorias por mercadorias, é um meio trabalhoso e demorado, já que pressupõe uma dupla coincidência de desejos. Imagine que você fabrique remédios e precise comprar arroz. Para que a troca dê certo de primeira, será necessário achar um agricultor de arroz doente precisando de sua mercadoria. Complicado. Foi por isso que, ao longo da história, mercadorias muito usadas, fáceis de transportar e de dividir se tornaram um meio de pagamento como. Você, por exemplo, poderia trocar seus remédios com sal e comprar arroz com parte do arrecadado.

Acabar com a moeda seria voltar no tempo. “Passaríamos mais tempo tentando satisfazer a dupla coincidência de desejos do que produzindo. Dessa forma, o PIB da economia seria drasticamente reduzido”, diz Alexandre Schwartsman, do grupo Santander Brasil. Em um mundo onde é preciso ocupar-se com trocas que garantem a sobrevivência, não há tempo para produzir bens sofisticados, como ciência ou cultura. As profissões especializadas acabariam e toda a infraestrutura existente, como estradas, portos e ferrovias, seria inutilizada, já que só faz sentido em uma estrutura de comércio ágil e intenso.

Se a população se mantivesse firme no propósito de não voltar a usar nenhuma moeda comum de troca, a economia entraria em colapso. As cidades, que são os centros mais intensos de troca na economia, seriam abandonadas e as pessoas migrariam para o campo, para sobreviver em pequenos grupo autossuficientes. Aos poucos, a civilização que conhecemos deixaria de existir e viveríamos uma nova versão da alta Idade Média – sem cidades, sem comércio e sem muita gente: naquela época, entre os séculos 5 e 10, a economia era capaz de suportar uma população de 300 milhões de pessoas, um vigésimo da que temos hoje.”

  • Texto: Eduardo Pegurier. Trecho da revista Super Interessante, edição 273 – 11 dez / 2009

 

Não que ela tenha tanta razão, uma vez que o problema é a ganância da sociedade (que vem, é claro, do dinheiro, inevitavelmente), mas derruba um pouco do que alguns pensam por aí que o comunismo e o socialismo são a resposta para tudo. Nem por isso sou defensora do capitalismo. Só acho que os objetivos essenciais de cada sistema foram nublados… E isso não tem volta. Seja com a grana, seja sem ela.

Anúncios

3 Respostas para “O problema é o dinheiro?

  1. “Se a população se mantivesse firme no propósito de não voltar a usar nenhuma moeda comum de troca, a economia entraria em colapso. As cidades, que são os centros mais intensos de troca na economia, seriam abandonadas e as pessoas migrariam para o campo, para sobreviver em pequenos grupo autossuficientes. Aos poucos, a civilização que conhecemos deixaria de existir e viveríamos uma nova versão da alta Idade Média – sem cidades, sem comércio e sem muita gente: naquela época, entre os séculos 5 e 10, a economia era capaz de suportar uma população de 300 milhões de pessoas, um vigésimo da que temos hoje.””

    Não seria Perfeito?
    Primeiro, nada mais perfeito que viver longe das grandes cidades.
    Segundo, se a sociedade como conhecemos deixa-se de existir, logo, nao teriamos mais tanto problemas como Aquecimento global não é? as grandes indústrias produtoras de gases poluentes Deixariam de existir, nosso meio de transporte nao seria mais veículos movidos a gasolina(também produtores de gases), o petróleo seria inútil e nao iríamos extrai lo, assim nao prejudicaríamos mais o equilibro a terra. Sem o Dinheiro nao existiria Pobre, nem Rico, nao existiria mais diferença. Nem abuso de poder, nem soberba. Vamos mais longe, e se nao existisse Política e Políticos também? Se não existisse o Governador, o Prefeito e o Presidente? e Se nao existisse divisão de terra por Países? se fosse tudo uma coisa só chamada terra?
    Anarquia, todos criticam, mas nem conhecem.

    Analisando um pouco mais sobre a revista é obvio que eles nunca iriam proteger o FIM da moeda, afinal é uma revista de extrema direita e totalmente capitalista. Logo informações como essas devem sim ser questionadas e analisadas de todos outros pontos de vista, porque na maioria das vezes essa revista traz informações INÚTEIS. Assim como toda revista de Cunho de Direita.

    • taí o porquê eu disse que eu não concordava completamente com a reportagem. Mesmo porquê, eu já tinha visado a questão de defenderem a economia, uma vez que a própria revista tem que lucrar pra sobreviver.
      Achei interessante, pelo ponto de vista diferenciado.
      Não acho que o problema seja o dinheiro. Sim o desvirtuamento de valores, a ganância, o luxo e todas as merdas citadas. Pobre, Rico, Abuso de poder, Soberba, Políticos e toda a merda. Pra eliminar a moeda, e todos os problemas do cérebro turvo do ser humano, a raça teria de ser extinguida da Terra. por isso que a conclusão foi que não há uma volta… Seja com a grana, seja sem ela.

  2. Não é pra tanto, nao precisa extinguir a raça a humana… Diria que para extinguir a moeda é bem simples, é só os investimentos do Pais se voltarem para a Educação, escola, lazer e Artes, ai sim a população estaria pronta para o Fim do Dinheiro. nao só o Dinheiro, talvez tambem nao existissem mais Penitenciaria, Policia, etc… nao ia precisar.

    Mas o Fato é o que vc mesma disse, O mundo nao tem volta, seja com grana ou sem ela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s