Perfeição.

A música que elevou-me ao surto postado anteriormente. Simplismente perfeita, Perfeição – Legião Urbana.

Vamos celebrar
A estupidez humana
A estupidez de todas as nações
O meu país e sua corja
De assassinos
Covardes, estupradores
E ladrões…

Vamos celebrar
A estupidez do povo
Nossa polícia e televisão
Vamos celebrar nosso governo
E nosso estado que não é nação…

Celebrar a juventude sem escolas
As crianças mortas
Celebrar nossa desunião…

Vamos celebrar Eros e Thanatos
Persephone e Hades
Vamos celebrar nossa tristeza
Vamos celebrar nossa vaidade…

Vamos comemorar como idiotas
A cada fevereiro e feriado
Todos os mortos nas estradas
Os mortos por falta
De hospitais…

Vamos celebrar nossa justiça
A ganância e a difamação
Vamos celebrar os preconceitos
O voto dos analfabetos
Comemorar a água podre
E todos os impostos
Queimadas, mentiras
E seqüestros…

Nosso castelo
De cartas marcadas
O trabalho escravo
Nosso pequeno universo
Toda a hipocrisia
E toda a afetação
Todo roubo e toda indiferença
Vamos celebrar epidemias
É a festa da torcida campeã…

Vamos celebrar a fome
Não ter a quem ouvir
Não se ter a quem amar
Vamos alimentar o que é maldade
Vamos machucar o coração…

Vamos celebrar nossa bandeira
Nosso passado
De absurdos gloriosos
Tudo que é gratuito e feio
Tudo o que é normal
Vamos cantar juntos
O hino nacional
A lágrima é verdadeira
Vamos celebrar nossa saudade
Comemorar a nossa solidão…

Vamos festejar a inveja
A intolerância
A incompreensão
Vamos festejar a violência
E esquecer a nossa gente
Que trabalhou honestamente
A vida inteira
E agora não tem mais
Direito a nada…

Vamos celebrar a aberração
De toda a nossa falta
De bom senso
Nosso descaso por educação
Vamos celebrar o horror
De tudo isto
Com festa, velório e caixão
Tá tudo morto e enterrado agora
Já que também podemos celebrar
A estupidez de quem cantou
Essa canção…

Venha!
Meu coração está com pressa
Quando a esperança está dispersa
Só a verdade me liberta
Chega de maldade e ilusão
Venha!
O amor tem sempre a porta aberta
E vem chegando a primavera
Nosso futuro recomeça
Venha!
Que o que vem é Perfeição!…

A lágrima é verdadeira.

Como de praxe, estava eu em plena aula de oxi-redução, empunhando o ipod que pulsava com o melhor do Legião. Detalhe? Nunca presta eu estar com um caderno e um lápis em horas como esta. Ou talvez preste, diga-me você…

 

“O legado desse mundo entupido de lacunas vazias é inútil e cheio de botões vermelhos. Infelizmente, hoje não há saída fácil, uma vez que a morte torno-se tão banal, tão promíscua e adornada de neóns.  É tudo transgênico, é tudo de plástico, nessa redoma de insanos padronizados. Cheiro de pólvora no orvalho das plantas murchas da varanda. Nem os pássaros encontram seu pouso, não existem mais sementes sadias.

Somos parte dessa Trash-Nation, onde escreve-se Deus em letras minúsculas, McDonald’s em 72, Coca-Cola em negrito, levando a podridão ao sobrescrito. Onde a verdadeira mensagem é sempre subliminar e a Constituição é mastigada por dentes amarelados de Marlboro.”

 

Eu surto. Fato.

“Vem cá, meu bem, que é bom viver, o mundo anda tão complicado.”

Ela é PURO êxtase!

uh! Barão Vermelho embalando minhas noites de salto alto preto, calça colada e um bolero rendado. Vontade de dançar até o amanhecer, huh?

Toda brincadeira
Não devia ter hora prá acabar
E toda quarta-feira
Ela sai sem pressa prá voltar..

Esmalte vermelho
Tinta no cabelo
Os pés no salto alto
Cheios de desejo
Vontade de dançar
Até o amanhecer
Ela está suada
Pronta prá se derreter…

Galo cantou
E se encantou
Deixa cantar
Se o galo cantou
É que tá na hora
De chegar
De tão alucinada
Já tá rindo à toa
Quando olha para os lados
À todos atordôa,
A sua roupa montada
Parece divertir
Os olhos gulosos
De quem quer me despir…

Vontade de dançar
Até o amanhecer
Ela está suada
Pronta prá se derreter…

Ela é puro êxtase, que beleza!!
Êxtase
Barbies, Betty Boops
Puro êxtase
Ela é!

 

Puro êxtase, darling. Sou Puro êxtase.

Uh!

Seu All Star Azul.

Toda vez que ouço Nando pronunciando sobre o All-star azul e o preto de cano alto, me remete meu neném. Preciso ir atrás de outro, by the way.

 

Estranho seria se eu não me apaixonasse por você
O sal viria doce para os novos lábios
Colombo procurou as índias mas a terra avistou em você
O som que eu ouço são as gírias do seu vocabulário

Estranho é gostar tanto do seu all star azul
Estranho é pensar que o bairro das laranjeiras
Satisfeito sorri quando chego ali e entro no elevador
Aperto o 12 que é o seu andar não vejo a hora de te encontrar
E continuar aquela conversa
Que não terminamos ontem ficou pra hoje

Estranho mas já me sinto como um velho amigo seu
Seu all star azul combina com o meu preto de cano alto
Se o homem já pisou na lua, como eu ainda não tenho seu endereço
O tom que eu canto as minhas músicas para a tua voz parece exato

Estranho é gostar tanto do seu all star azul
Estranho é pensar que o bairro das laranjeiras
Satisfeito sorri quando chego ali e entro no elevador
Aperto o 12 que é o seu andar não vejo a hora de te encontrar
E continuar aquela conversa
Que não terminamos ontem,laranjeiras
Satisfeito sorri quando chego ali e entro no elevador
Aperto o 12 que é o seu andar não vejo a hora de te encontrar
E continuar aquela conversa
Que não terminamos ontem, ficou pra hoje

Juízo

Abra a porta, fecha a porta,
estou tão confuuuso.
Perdido na frixão da vida, NÃO,
eu nunca li um di-cio-nááário
na minha vida.
Bem assustador marry-marry,
que horror meu senhor, Não é?
Ahh, mas minha cabeça é bem grande
Porque eu tenho juízo, juízo, juízo, juíííízo, juíííízi, ju-ju-ju-ju-ju-izo!

Juízo!

 

Michael Júnior Kyle.

 

shauhuashuashuashuahsuashuhasuhashasuhasuha

MSN 7.0

é… estou de msn reinstalado, porém, é uma versão bem arcaica!

não tem todas as funções de um msn decente, não consigo falar offline com ninguém. Mas bem, pelo menos eu posso falar com quem esteja online. Ainda trava bastante e tudo mais…

Mas acho que até o fim do mês que vem pelo menos eu assino uma banda larga, saio dessa vida de discada… ou formato de novo esse pc ¬¬

 

Aza danado.